Interação Inclusiva na EE Profª Julieta Guedes de Mendonça em Dracena

Alunos, professores interlocutores e convidados

No dia 09 de maio de 2012, a equipe gestora da Escola Estadual Prof.ª Julieta Guedes Mendonça (Sr. Edson, Cleide, Regina e Márcio), recebeu os alunos com surdez e professores interlocutores da região para uma interação inclusiva de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais),  Língua oficializada pela Lei 10.436. Que completou 10 anos, no dia 24 de abril.

Estiveram presentes os alunos de Junqueirópolis: Luan, Otávio e André da EE Idene Rodrigues dos Santos; os alunos Vinicíus, Richard e Lucas das Escolas João Brásio e Dom Lúcio, de Panorama. Helen,  que é aluna da Escola Ministro Oscar Pedroso Horta, em Santa Mercedes. Foram convidados, os alunos das escolas municipais de Dracena e Tupi. Todos os alunos vieram acompanhados pelos respectivos professores interlocutores.

Maristela e eu representamos a Diretoria de Ensino, da Região de Adamantina, que atende 20 alunos com surdez e neste ano temos 19 professores interlocutores contratados para fazer a mediação e interlocução na sala de aula.  A Resolução SE – 38, de 19-6-2009, regulamenta a admissão de docentes com qualificação na Língua Brasileira de Sinais – Libras nas escolas da rede estadual de ensino e garante em seu “§ 2º – A admissão do docente interlocutor da LIBRAS/Língua Portuguesa assegurará, aos alunos surdos ou com deficiência auditiva, a comunicação interativa professor-aluno no desenvolvimento das aulas, possibilitando o entendimento e o acesso à informação, às atividades e aos conteúdos curriculares, no processo de ensino e aprendizagem.” Portanto, é o terceiro ano que a Diretoria contrata esses profissionais para atender alunos de Panorama à Osvaldo Cruz, ou seja, 22 municípios e 32 escolas estaduais.

Patrícia Elena e Adverilda vieram prestigiar o evento, ambas precursoras na disseminação da língua de sinais na região. Elas foram alunas dos primeiros cursos de LIBRAS, promovidos pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

O evento faz parte do Projeto de Enriquecimento Curricular desenvolvido pela escola, sob o comando da professora interlocutora Anny Kelle, junto com o professor Ronie. Ambos contratados para fazer a interlocução em LIBRAS para os alunos Hugo e Luana, que muito bem receberam a todos.

Apresentação dos alunos na sala

Durante o período os visitantes  se apresentaram aos demais alunos da escola, ensinaram o alfabeto em LIBRAS e houve muita conversa em LIBRAS.

O alfabeto em LIBRAS

Sabemos  que o ensino da LIBRAS nas escolas é de grande importância, pois assim favorecerá a construção do ambiente comunicacional e de interação entre os ouvintes e as pessoas com surdez, enriquecendo o processo de desenvolvimento humano e a aprendizagem de todos os alunos.

Pensar na pessoa com surdez inserida em uma escola comum na sala de aula regular é pensar em uma pessoa com muitas potencialidades, que é capaz de interagir, agir e se estabelecer com seus pares. E foi com este pensamento que este evento foi realizado, e já vem acontecendo há três anos.

Muita interação entre os participantes

Parabéns aos alunos, professores interlocutores e equipe que organizou o encontro. No próximo ano tem mais!!!

About these ads

2 pensamentos sobre “Interação Inclusiva na EE Profª Julieta Guedes de Mendonça em Dracena

  1. Parabéns professores interlocutores e alunos pelo trabalho.
    É isso aí!Precisamos conhecer para entender as diferenças…

  2. Quer uma maneira de aumentar a divulgação do seu site?
    Acesse o DivulgaBlog. É completamente gratuito, simples de usar e em poucos minutos o seu blog estará cadastrado na nossa base de blogs e visível para milhares de usuários.
    Dê uma conferida ! http://www.divulgablog.com.br/

Os comentários estão desativados.