Espaço do Professor Interlocutor de LIBRAS


Caros professores interlocutores, esta página será dedicada a vocês, para compartilharem experiências ou trocar ideias.

Portanto, depende de vocês… fiquem a vontade para indicar sites, artigos, documentos e tudo que se referir a esta profissão extremamente importante  para o nosso aluno surdo.

Um abraço, e estou aguardando sugestões.

Leila Kanada

122 pensamentos sobre “Espaço do Professor Interlocutor de LIBRAS

  1. Olá Isabel,

    Sou professor interlocutor e estou à procura da lei que diz, explicitamente, que o professor interlocutor precisa cumprir o ATPC. Não consegui encontrá-la. Você a conhece?

    Um abraço.

    • Olá Carlos, o professor Interlocutor é contratado como qualquer outro professor da escola, a regra é mesma, segue o padrão por aulas que o professor possui.

    • Boa tarde Carlos
      O Decreto 5626/05 dá o direito para que o aluno surdo tenha um Intérprete Educacional em Sala de aula, mas não trata das questões trabalhistas, então por falta de uma legislação específica, este profissional que não é o professor regente do aluno surdo, é contratado pela mesma legislação de professor. Então este profissional faz o mesmo ATPC que o professor regente faz.
      Espero ter respondido

      • Olá LEILA
        Alguém tem alguma pesquisa do número de Intérpretes Educacionais (LIBRAS) trabalhando na rede no Estado de São Paulo e qual a necessidade atual?

  2. Sou Professor de Port/Inglês, tenho 120 curso de libras básico e Pós em Libras, tenho deficiência auditiva, porém sou falante, gostaria de lecionar em curso superior, de preferencia no Estado de SP, (interior – região de P.P.) no momento resido em Vitória/ES, Como faço? favor me enviar resposta por e-mail. mozartdois@hotmail.com

  3. Olá,tudo bem tenho uma dúvida,quando meus alunos surdos que são dois faltam,sou obrigada a ficar como eventual em outras salas,na primeira escola que trabalhei eu não ficava em sala cumpria horário na sala dos professores,biblioteca mas nunca em sala,nesta escola agora me falaram quando os alunos faltaremeu tenho que entrar como eventual,isto esta certo?Tem alguma Lei,resolução que eu possa consultar.
    Parabéns pelo espaço eu amo o que faço mas sinto falta de apoio,pois as escolas não sabem quase nada a respeito do Interlocutor,não temos formação, encontro e difícil ter que se virar sozinha sem um respaldo.
    Obrigada

    • Caro colega sou professora interlocutora em Franca e pelo que sabemos não precisamos dar aula eventual quando o aluno falte ficamos na sala dos professores, informática estudando podemo até fazer algo quando o coordenador pede mas nunca aula.

      • Sou interlocutora na DE de ourinhos, e não vc não tem que dar aula, e se der tem q ser em outro horário e pago a parte….

    • Ola Eunice, se você for concursada ou contratada com especificação em sala de AEE ou interprete, não pode ser desviada para outra função. É necessário que tenha especificado qual a sua função ou cargo.

  4. Boa noite sou interlocutor se minha aluna peeir transferencia para outra escolaeu perco meu contrato se n tiver outro aluno surdo na escola??

    • Wesley, penso que se for na mesma Diretoria, não tem porque mudar o interlocutor. No entanto, não sei como ficaria a questão de distância, pagamento e etc. Fale com o supervisor de sua escola, ele é a pessoa mais indicada para responder esta sua dúvida.

  5. Leila
    Gostaria de me tornar interprete de libras… Sou formada em pedagogia e possuo um curso de 120 horas, que não me deu base para fazer a avaliação do Cas (sei que é exigencia das escolas de Minas, não sei nos outros estados) A pós graduação pode me dar essa base? Estou escolhendo uma pós , mas tenho duvidas…

  6. Olá professora Leila, espero que esteja bem! Gostaria que ajudasse a resolver uma situação em que me deparei esta semana. Numa escola estadual de meu município há um aluno surdo que está iniciando o 5º ano, visto que não há interlocutor para acompanha-lo ele vem encontrando dificuldade inclusive de associação com as outras crianças, e chora muito, fato que me foi informado pela secretaria da escola. Possuo a certificação de Proficiência no uso e no ensino da Libras, fornecido através do exame Prouni, mas estou cursando Letras ainda no primeiro semestre, o cadastro emergencial na diretoria de ensino já está aberto, acredita que posso me candidatar à vaga nessas condições? Como devo proceder? Desde já, agradeço.

  7. Oi! será que vocês podem me responder, pois surgiu uma dúvida lendo o edital do concurso da SEE SP, me inscrevi para deficiência auditiva, sou professora formada em Letras Português e Inglês, e terminai recentemente a pós graduação em LIBRAS, será que vai ter alguma problema para assumir o cargo?
    Rosi Jesus.

  8. Olá!
    Gostaria de saber se com o curso básico de libras até o módulo IV, é possível prestar concurso para nível de instrutor de libras? Outra dúvida: pra fazer o curso de instrutor de libras a prioridade é pra quem é surdo? Sou formada em Letras e faço pós em Libras, quando eu concluir a pós, já posso prestar concurso pra interprete?

  9. Boa Tarde Profª.
    Parabéns pela página e iniciativa!
    Sou formada em Pedagogia, mas atualmente não estou trabalhando na área.
    Há 02 anos faço um curso livre de LIBRAS aos sab., e durante a semana estou me pós graduando em LIBRAS.
    Gostaria de saber como faço para atuar como professora interlocutora. Há concursos abertos no momento?? Posso entrar em contato direto com as diretorias de ensino daqui de São Paulo (capital)?
    Poderia me explicar melhor? rsrs
    Aguardo seu retorno e agradeço antecipadamente toda atenção e dedicação aqui prestados.

  10. Olá Leila, espero que esteja bem ao ler esta mensagem!

    Gostaria de parabenizar o trabalho que desenvolve na D.E. Adamantina.

    Escrevo porque gostaria de tirar uma dúvida:

    Hoje, a nível estadual, os profissionais que realizam curso de Libras, com carga horária mínima de 120 horas ou 160 horas, ou até pós-graduação em Libras, estão QUALIFICADOS para atuarem como interlocutores, certo?

    E para que estes profissionais possam ser classificados como HABILITADOS, qual nomenclatura do curso que devem fazer, e qual a carga horária mínima? Por exemplo: Letras-Libras iria habilitar, a certificação PROLIBRAS, também. E uma pós-graduação? qual a nomenclatura correta para que enquadre como habilitação? talvez Educação Especial: Deficiência Auditiva, por ser mais específico?

    Qual a resolução que trata este assunto?

    Grato.

    • César,

      A Resolução SE 89, de 29-12-2011 (válida até sair outra Resolução de atribuição)

      Dispõe sobre o processo anual de atribuição de classes e aulas ao pessoal docente do Quadro do Magistério de aulas 2013,

      Ela orienta em seu Artigo 11 – As horas de trabalho na condição de interlocutor, para atendimento a alunos surdos ou com deficiência auditiva, tendo como exigência a comprovação de habilitação ou qualificação na Linguagem Brasileira de Sinais – LIBRAS, para atuação no Ensino Fundamental e Médio, acompanhando o professor da classe ou da série, deverão ser atribuídas a docentes não efetivos ou a candidatos à contratação, observada a seguinte ordem de prioridade:

      I – portadores de diploma de licenciatura plena em Pedagogia ou de curso Normal Superior;

      II – portadores de diploma de licenciatura plena;

      III – portadores de diploma de nível médio com habilitação em Magistério;

      IV – portadores de diploma de bacharel ou tecnólogo de nível superior.

      Parágrafo único – Verificada a ausência de docentes não efetivos e candidatos com as habilitações/qualificações previstas no caput deste artigo, as horas de trabalho na condição de docente interlocutor poderão ser atribuídas na ordem de prioridade de qualificações prevista no § 1º do artigo 8º desta resolução.

      abraços,
      Leila

      • A Resolução SE – 38, de 19-6-2009 ( trata da carga horária e qualificação exigida)

        Ela dispõe sobre a admissão de docentes com qualificação na Língua Brasileira de Sinais – Libras, nas escolas da rede estadual de ensino.

        • Boa tarde, gostaria de informar que estou indignada com o curso de libras que o Estado está dando para professores, um curso com excelentes profissionais, mas um curso legendado. Onde estão pensando nos surdos, quando colocam legenda. Muitos professores estão fazendo o curso para se garantir o ano que vem, sem pensar em nenhum momento no aluno surdo e sim no beneficio próprio. Pedi uma explicação para secretária do Estado no que estão fazendo, pois já tem muitos dentro de sala de aula se passando por interlocutor, sem saber o sinal de SEMANA. Para eu ficar mais indignada ainda olha o que me responderam.

          Prezado(a) senhor(a)

          Foi com toda atenção que lemos seu e-mail, agradecemos as considerações e entendemos suas colocações, mas acreditamos que nosso objetivo é de sempre buscar melhor qualidade para um ensino efetivo e eficaz. Portanto, se cada cidadão, cada educador, trabalhar focando o crescimento e desenvolvimento do sistema educacional, teremos um ensino melhor no Brasil.

          Acrescentamos que suas sugestões serão encaminhadas para que integrem os futuros estudos desta Pasta.

          Atenciosamente,

          R.C.

          Central de Atendimento

          0800 770 0012
          Não entendi no que se diz, buscar melhor qualidade, e aonde teremos um ensino melhor, onde quem ensina só está pensando em si.
          Eu sei o que digo, fico em sala de aula com surdo, e se não é eu ensinar o aluno fica jogado na sala. Eu gosto do que faço e sou muito dedicada, mas e daí, o ano que vem posso perder a sala para os Fs porque sou O, e o aluno que esta aprendendo comigo, ninguém da a mínima para ele. É TRISTE.

  11. Gostaria de fazer uma pergunta.
    Trabalho em uma escola do Estado de São Paulo como interlocutora, o que acontece é que quando a aluna falta a diretora quer que eu fique na sala de aula acompanhando a matéria, até em aulas que tem substituição e muitas vezes não se tem matéria.
    O que posso fazer quanto a isso já que sem a aluna em sala eu na verdade perco minha função, tenho algum respaldo na lei que me faça não cumprir esta ordem.
    Obrigada!

    • Andrea,
      Não tem, é questão de bom senso.
      Penso que talvez a direção da escola esteja preocupada com o aprendizado da aluna e se você estiver em sala de aula, poderá ajudá-la quando a mesma retornar. Faço também, essa orientação aos nossos interlocutores e diretores. No entanto, se o interlocutor souber utilizar este tempo para pesquisar e produzir adaptações ao currículo, ele terá o nosso apoio.

  12. Primeiramente parabéns pelo espaço é super necessário
    Minha dúvida é… O professor interlocutor pode acompanhar mais de um aluno?

    Se possível me indique por favor documentos que esclareçam esta questão.

    Obrigada!

      • Andréa,

        O professor interlocutor atua em sala de aula e se nesta classe há mais de um aluno surdo…isso vai acontecer
        Abraços,
        Leila

        • Edson, poderia dar mais detalhes, não entendi quando disse que sua interpretação está comprometida!? Desculpe.
          A interlocução deverá chegar a todos os alunos, fique em local visível a todos.É o que posso recomendar…Boa sorte, em seu trabalho!

    • Andréa,

      O professor interlocutor atua em sala de aula e se nesta classe há mais de uma aluno surdo…isso vai acontecer
      Abraços,
      Leila

  13. Bom dia Professora

    Preciso de uma informação. Sou formada em Tecnologia em Processamento de Dados e tenho a licenciatura plena para o magistério nesta área. Em dezembro, concluo a pós-graduação em Interpretaçao e Tradução em Libras (420 h).
    Posso me inscrever para o cargo de Interlocutora do Estado de São Paulo?
    Aguardo resposta.
    Abraços

    Vanilda

  14. Olá professora, gostaria de atuar como interlocutora de libras, tenho proficiência no uso e no ensino da Libras, promovido pelo Ministério da Educação, mas possuo apenas o ensino médio regular, não pude me cadastrar na diretoria de ensino da minha região, visto que o edital exige no mínimo nível médio e habilitação no magistério, mas o Decreto n°5626 diz no Art. 5o § 1o Admite-se como formação mínima de docentes para o ensino de Libras na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental, a formação ofertada em nível médio na modalidade normal, que viabilizar a formação bilíngue.
    Também no Art. 8° § 2o A certificação de proficiência em Libras habilitará o instrutor ou o professor para a função docente.
    O que posso fazer nesse caso? Posso atuar nessa área mesmo possuindo o ensino médio regular? Grata.

    • Olá, Paula!

      Para você atuar como interlocutor de LIBRAS é necessário antes, fazer o cadastro na Diretoria de Ensino, e para isso precisa ter cursado ou estar cursando uma licenciatura. Será solicitado alguns documentos. Consulte o site de algumas diretorias e tome ciência dos documentos exigidos.

      Consulte a Resolução SE – 38, de 19-6-2009.

      http://siau.edunet.sp.gov.br/ItemLise/arquivos/38_09.HTM?Time=8/19/2010%204:12:07%20AM

      Forte abraço,

      Leila

      • Bom dia Professora

        Preciso de uma informação. Sou formada em Tecnologia em Processamento de Dados e tenho a licenciatura plena para o magistério nesta área. Em dezembro, concluo a pós-graduação em Interpretaçao e Tradução em Libras (420 h).
        Posso me inscrever para o cargo de Interlocutora do Estado de São Paulo?
        Aguardo resposta.
        Abraços

        Vanila

  15. sou do interior e quero fazer a minha inscrição na leste 5, será que encontro vaga, já trabalho como interlocutora a 5 anos, como posso saber se não vou ( quebrar a cara?) me ajude….

    • Sueli,

      Estamos sempre correndo riscos…Liga na Diretoria da leste 5 e fale com a PCNP de Educação Especial, ela pode te dizer como está a demanda.
      Boa sorte na sua escolha!

      Abraços,
      Leila

  16. A cidade de Dracena estará sediando o I SEMINÁRIO REGIONAL DE EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DA PESSOA SURDA.

    Objetivo: Uma educação bilíngüe bi-cultural e permitir aos indivíduos surdos um acesso completo a sua Língua natural (a de sinais) que permite uma aquisição da linguagem nesta primeira Língua.

    Eixo:
    A- Intensificar o processo de inclusão
    B- Realizar capacitação, treinamento e reciclagem contínua da Libras
    C- Apresentar as potencialidades e peculiaridades na região do Oeste Paulista com suas características específicas

    Publico alvo.
    · Professores, interlocutores, interpretes, tradutores,e pessoas interessadas na pessoa Surda.

    CERTIFICADO COM 40 HORAS
    inscrição: inscricaoseminariodracena@yahoo.com.br

    http://seminarioaasat.blogspot.com.br/

  17. Olá meu nome é julyana sou pedagoga e tenho pos graduação em libras. Gostaria de saber se eu consigo me inscrever em qualquer diretoria de ensino para ser interlocutora de libras? Pois fique sabendo que ia abrir vagas mas liguei na leste 5 para me informar e a mulher que atendeu não sabia nem o que era interlocutor! Gostoraria de saber como faço? ?

    • Olá.. Você tem que ter licenciatura (portugues, matematica, história etc) + 120 horas de libras…. isso de capacita para ser interlocutora = te habilita para ser interlocutora do 6º ano até o ensino médio ou pedagogia mais 120 horas de libras = te habilita para ser interlocutora no fundamental I.

  18. CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA CUIDADORES DE PESSOAS COM DEFICÊNCIA

    http://www.interead.org

    Matricule-se já
    A arte do cuidador é agregar a um ato de respeito e solidariedade, conhecimentos técnicos, compromisso e empenho no resgate da dignidade humana e qualidade de vida da pessoa com deficiência.Estes atributos separados, por maior que seja a boa vontade, não alcançam o resultado esperado e desejado.

    Assim, é fundamental, além dos estímulos naturais para o ato de cuidar, que a pessoa esteja munida de conhecimentos básicos para a tarefa, permitindo aplicar técnicas necessárias para criar hábitos diários na vida de crianças e adultos com deficiência mental (intelectual), paralisia cerebral ou autismo e melhorar sua qualidade de vida num melhor entendimento sobre as necessidades, dificuldades e características das necessidades que acometem a pessoa com deficiência e familiares.

    Objetivo do curso: Aprendizagem de forma didática como desenvolver habilidades necessárias para a aquisição dos hábitos de higiene, vestuário, higienização, locomoção e alimentação (atividades básicas da vida diária) da criança e adulto com deficiência.

    Duração: 40 horas de teleaula 20 horas de atividade perfazendo um total de 60 horas

    O curso terá a tutoria de um profissional especialista em reabilitação, na telesala,que mediará o conteúdo trabalhado com os alunos.

    Programação Geral:

    - Desenvolvimento motor Normal e Anormal;
    - Tipos de deficiências e suas implicações;
    - Posicionamento ;
    - Interação e vínculo;
    - Dificuldades na alimentação – Disfagias;
    - Estimulação Global (motora e/ou mental);
    - Autismo
    - Contextualidade da Educação Inclusiva
    - Atividades do dia a dia (alimentação, banho, vestuário, cuidados pessoais);

    Conteúdo Programático Específico:

    Principais patologias e suas características.
    Noções de padrões respiratórios e assistência à ventilação.
    Conhecimento básico de aparelhos (sondas vesicais, nasais, traqueostomia, gastrostomia, colostomia etc).

    Manejo postural – transferências e posicionamentos adequados (no leito, sentado, deitado e em pé).
    Massagem de conforto e profilaxia de escaras.

    Auxílio para a locomoção nas diversas condições – muletas, andadores, cadeiras de rodas etc.

    Noções de manejo – órteses, próteses, imobilizações, talas etc.

    Cuidados de higiene – uso adequado de banheiro, higiene íntima, higiene bucal, banho e assepsias específicas, sonda etc.
    Materiais de apoio – cadeiras sanitárias, tapetes antiderrapantes, barras de segurança etc.

    Uso de material de apoio – coxins, rolos, cunhas, estabilizadores de tronco etc.

    Facilitação das atividades funcionais – vestuário (Despir e vestir. Complementos: botões, ziper, laço).

    Alimentação
    Deglutição e mastigação atípicas, engasgo, refluxo, disfagias e aspiração.
    Uso dos talheres e adaptação de utensílios.

    Hábitos à mesa.
    Demonstração e Discussão de casos clínicos
    Professores ministrantes
    Fonoaudiólogo, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional.

    Público-alvo

    Professores,estudantes, profissionais da área da saúde e pessoas que trabalhem com crianças ,adolescentes e adultos com necessidades especiais.
    Investimento
    1 + 3 de R$ 79,00

  19. Boa tarde! Leila,não estou conseguindo o meu certificado.Pois este e-mail é do tempo da Pedrita nem sei a senha.(rsrsrsrsrsr)
    Por favor me ajudeeeeeeeeeeeee
    Beijosssssssssss

  20. Bom dia Professora!

    Necessito de sua valora colaboração, pois preciso de um projeto de lei para professor interlocutor de libras.

    Por acaso vocês possuem algum modelo que possam me encaminhar, com urgência?

    Grato pela atenção.

    Att;

    Eduardo edusantosilva@hotmail.com

  21. Pessoal… preciso de material que fale da diferença de interprete e interlocutor. No estado de SP é interlocutor de libras e PR interprete (educação). Me disseram que é por causa do salário, interlocutor paga menos… meu artigo ta sendo em cima disso

    • entao…. tem no google o papel do interlocutor e interprete, dá um procurada, na revista NOVA ESCOLA ok??! Thalita Kelly de presidente Prudente/SP

  22. Bom dia, Leila!!! Tudo Bem?
    Se puder providenciar alguns jogos em libras para essa escola (9 de Julho) serei grata, quanto aos dicionários encontrei na biblioteca.
    Bjs, obrigada!

    Lúcia

    • Lúcia,

      Estamos aguardando o recurso destinado à Educação Especial. Aviso quando chegar. E até lá, me envie os nomes dos jogos em LIBRAS.
      Abraços,

  23. pq ning mais posta nada aki..axei esse espaço tao interessante?? o q ta acontecendo? tem outro site ou forum q estao participando..por favor compartilhem ai. abçs

  24. O Instituto Nacional de Educação de Surdos – INES, em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, por meio da Comissão Permanente do Vestibular – COPERVE, declara que estarão abertas, no período de 31/10/2012 a 05/12/2012, as inscrições para a Sexta Edição do Exame Nacional para Certificação de Proficiência no Ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e para Certificação de Proficiência na Tradução e Interpretação da Libras/Língua Portuguesa, denominado SEXTO PROLIBRAS, nos termos do Decreto no 5.626, de 22/12/2005 e da Portaria Normativa MEC no 20, de 07/10/2010.

  25. ola Sandra Vitoriano

    Li seu desabafo. Fiquei indignada com a falta de humanidade e o desrespeito desse professor. Sim ele esta fazendo apenas o trabalho dele, Mas onde fica a impatia desse professor o respeito? Como algumas pessoas sao frias.

  26. A E. E. Prof.ª Julieta Guedes Mendonça convida para uma interação inclusiva de LIBRAS, alunos com deficiência auditiva ou visual junto com os professores interlocutores ou acompanhantes para comemoração ao dia Nacional do Surdo-26 de setembro.
    A realizar-se no dia 01/11/2012 às 08h00, rua princesa Isabel, 440, Vila Barros, tel.(018) 3821-1777; Dracena -SP.
    Contamos com sua presença.

  27. Olá Pessoal! O 1º FÓRUM de surdocegueira foi um sucesso. A Claudia Sofia é uma pessoa admirável! Parabéns aos organizadores.

  28. A comunidade Surda Brasileira comemora em 26 de Setembro o Dia do Surdo, data em que são relembradas as lutas históricas por melhores condições de vida, trabalho, educação, saúde, dignidade e cidadania.A Federação Mundial dos Surdos já celebra o Dia Internacional a cada 30 de Setembro.

    No Brasil o dia 26 de Setembro é celebrado devido ao fato desta data lembrar a inauguração da primeira escola para surdos no país em 1857, com nome de Instituto Nacional de Surdos Mudos do Rio de Janeiro, atual INES – Instituto Nacional De Educação de Surdos.

  29. olá Leila
    Nosso projeto foi aprovado já estamos nos preparando.

    será berm diverdito e diferente desta vez.

  30. Ola! gostaria de saber como se faz para ser professor interlocutor, fiz curso de Libras e tenho contatos com surdos, sei como eles sofrem nas escola pela falta de comunicação, e da necessidade de aprender e ensinar. Amo Libras, e consigo me cominicar bem com os surdos, gostaria de poder ajudar ainda mais. Atraves de uma reportagem vi que em Jundiai so tem 8 professores interlocutores. Gostaria muito de poder ajudar.
    Desde já agradeço a atençao, aguardo respostas. Obrigada.

  31. Olá Leila,

    por gentileza gostaria de saber se para trabalhar na sala de recursos tenho que fazer pós em AEE e se você sabe onde posso encontrar essa pós, já que em Marília na Unesp me informaram que não há previsão para iniciação.Atuo como professora interlocutora.

    Obrigada e parabéns pelo seu trabalho!

  32. Leila, boa noite.
    Meu nome é Fabio, e me interessei em realizar um curso de libras.
    Consultei o Senac, porem este curso é livre e não expede nenhum certificado, além o da própria instituição. Voçê, por gentileza poderia me passar algumas informações a respeito de qual tipo de curso eu devo realizar e se existe algum com reconhecimento universitário.
    Desde já te agradeço.

  33. olá Leila ESTA data não pode ser esquecida por nós vamos comemorarrrrrr
    a nossa missão é fazer essa difusão;;;;

  34. Queridos amigos…

    Neste mês comemoramos dez anos da lei 10.436,esta reconheceu a Libras como meio legal de comunicação das pessoas surdas do Brasil.

  35. Olá, tudo bem?
    Meu nome é Cássia e ministro aulas como interlocutora de libras em uma escola estadual, no 6º ano do EF. Estou gostando muito, apesar de enfrentar grandes desafios, pois é meu primeiro ano. Não sei se poderá me ajudar, mas gostaria de saber se essas aulas de Libras são consideradas Projeto ou se são aulas livres,porque fui chamada para seu PC e não pude assumir .
    desde já agradeço

    • Cássia,
      Interlocução de Libras não é projeto. São aulas livres atribuídas como outra qualquer( filosofia, matemática e etc). Procure um supervisor de sua diretoria para maiores esclarecimentos.
      Abraços,
      Leila

      • Leila,
        Muito obrigada, passei o meu caso para o advogado do Cpp de minha cidade, pois a DE daqui insiste em afirmar que essas 30 aulas que tenho como interlocutora de Libras se enquadram como Projeto, pois não estão inclusas na Matriz Curricular, podendo ser interrompidas a qualquer tempo, por ex.:se meu aluno mudar de escola ,perco essas aulas.O problema é que não consigo achar embasamento legal para isso, afirmando que se trata de aulas regulares, só consegui identificar que se trata de “atendimento individualizado”, como vi na Resolução SE 038. No edital para Professor Coordenador diz apenas que não poderá se afastar para assumir a função de coordenador o docente ocupante de” Pasta de Projeto”.Outra informação que tive da DE também é que não cabe substituição para essas aulas caso tenha que faltar ou me afastar por ex. para coordenação, por isso também o impedimento.Você saberia me informar sobre alguma Lei ou Resolução que estivesse especificando isso.Acho importante esclarecer nossos direitos , pois assim podemos lutar por eles.Mais uma vez muito obrigada.
        Abraços
        Cássia

      • OLá, Cássia meu nome é Cristiane no ano passado peguei aulas de Interlocutora e perdi pois não foi considerada como aula mas também não me afirmaram como sendo projeto a própria supervisora de ensino não soube informar disse que era novo e que não podia fazer nada disse que era por ser o reprovada mas o O reprovado pode pegar aulas e não projeto. De que diretoria você é? também procurei e não achei nada que confirme se é aula pois se for eu não poderia ter perco e ainda recebi as aulas como eventual.

    • Boa noite, eu quero pegar aula de interlocutor de libras, porém estou insegura, como é as aulas? Me conte se puder, obrigada

  36. preciso ser SURDO para entender…

    Em: Poesia Comente!
    Como é “ouvir” uma mão?

    Você precisa ser surdo para entender!

    O que é ser uma pequena criança

    na escola, numa sala sem som

    com um professor que fala, fala e fala

    e, então

    quando ele vem perto de você

    ele espera que você saiba o que ele disse?

    Você precisa ser surdo para entender!

    Ou o professor que pensa

    que para torná-lo inteligente

    você deve, primeiro, aprender

    como falar com sua voz

    assim

    colocando as mãos no seu rosto

    por horas e horas

    sem paciência ou fim

    até sair algo indistinto

    assemelhado ao som?

    Você precisa ser surdo para entender!

    Como é ser curioso

    na ânsia por conhecimento próprio

    com um desejo interno

    que está em chamas

    e você pede a um irmão, irmã e amigo

    que respondendo lhe diz:

    “Não importa”?

    Você precisa ser surdo para entender!

    Como é estar de castigo num canto

    embora não tenha feio

    realmente nada de errado

    a não ser tentar fazer uso das mãos

    para comunicar a um colega silencioso

    um pensamento que vem, de repente, a sua mente?

    Você precisa ser surdo para entender!

    Como é ter alguém a gritar

    pensando que irá ajudá-lo a ouvir

    ou não entender as palavras

    de um amigo que está tentando

    tornar a piada mais clara

    e você não pega o fio da meada

    porque ele falhou?

    Você precisa ser surdo para entender!

    Como é quando riem na sua face

    quando você tenta repetir o que foi dito

    somente para estar seguro que você entendeu

    e você descobre que as palavras foram mal entendidas?

    E você quer gritar alto:

    “Por favor, me ajude, amigo!

    Você precisa ser surdo para entender!

    Como é ter que depender de alguém

    que pode ouvir

    para telefonar a um amigo

    ou marcar um encontro de negócios

    e ser forçado a repetir o que é pessoal

    e, então, descobrir que seu recado

    não foi bem transmitido?

    Você precisa ser surdo para entender!

    Como é ser surdo e sozinho

    em companhia dos que podem ouvir

    e você somente tenta adivinhar

    pois não há ninguém lá com uma mão ajudadora

    enquanto você tenta acompanhar

    as palavras e a musica?

    Você precisa ser surdo para entender!

    Como é estar na estrada da vida

    encontrar com um estranho que abre a sua boca

    e fala alto uma frase a passos rápidos

    e você não pode entendê-lo e olhar seu rosto

    porque é difícil

    e você não o acompanha?

    Você precisa ser surdo para entender!

    Como é compreender alguns dados ligeiros

    que descrevem a cena

    e fazem você sorrir

    e sentir-se sereno com

    a “palavra falada” de mão em movimento

    que torna você parte deste mundo tão amplo?

    Autores: Willerd e Madsen

      • Olá pessoal!
        Sou interlocutora no Ensino Médio em Campos do Jordão, interior de SP.
        Eu também chorei quando li o poema, é lindo!!
        Nós , Pais e Professores de surdos sabemos bem como se sentem nossas crianças surdas…e o poema reflete exatamente como é ser Surdo.

        Mas quero compartilhar uma experiência que tive ontem, 05/06/2012, e me deixou em estado de choque…quero fazer um desabafo!!

        Atuo à noite em uma sala de supletivo do Ensino Médio, são 2 alunos surdos e uma aluna cega ( sei que não é meu objetivo acompanhar a aluna cega, mas existe algum professor de educação especial que deixaria esta aluna “largada” sem fazer nada por ela???)…bem, ontem ao término da aula o professor saiu da sala e simplesmente me disse: ” então professora a Sra fica com eles porque eu estou indo embora…bom feriado! e pior…os alunos estavam fazendo prova da Olimpíada de Matemática.

        Eu saí atrás pra procurar o professor que entraria em sala e soube que ele esta de licença. No corredor encontrei o professor que havia saído da sala e lhe perguntei o que estava acontecendo, ele me disse que estava indo embora , que seu horário a havia terminado, e nervoso disse que não pode dar mais de 9 aulas por dia…ok! eu concordo com isso. então eu lhe falei que não poderia ficar responsável pela sala de aula, que não é papel do interlocutor…Mas o mais surpreendente foi o que ele me respondeu:

        _ A Sra é professora pode ficar com eles… não está fazendo NADA mesmo, está só BRINCANDO…

        Isto porque eu tinha interpretado TODA a aula dele em Língua de Sinais, que é o meu papel e eu não BRINCO em serviço, principalmente por RESPEITO aos meus alunos surdos.

        Amigos interlocutores, eu estou com muita RAIVA de mim , porque fiquei Atônita, não respondi nada a esta pessoa…

        Só nós PROFESSORES de E. Esp. sabemos a responsabilidade que temos ao assumir nossa profissão, é uma pena que pessoas pequenas não tenham um mínimo de respeito pelo trabalho alheio…

        Um abraço a todos, e sintam muito orgulho em trabalhar com a comunidade Surda!!

      • querida colega
        tambem ja passei por algo parecido , mas pense no seu trabalho..foca nele .. nao pensa nops que os outros vao pensar senao vc fica doida.. axo legal vc fazer um portfolio com as atividades que vc adapta aos alunos e o como vc explica tal materia determinada disciplina.. no fim do ano vc mostra pro coordenador e pede p mostrar em htpc.. será um chute na canela desse professor que diz q vc brinca o tempo todo. Fotografe tudo, tire foto de algo interessante que fez..mostre seu trabalho…acho que é por ai…bjs Emilene

  37. Olá…
    Tenho Prolibras e Especialização em Libras.
    E não posso atuar como professora interlocutora de Libras porque meu curso
    superior é Normal Superior, e em nível médio tenho Magistério.
    O que fazer já que sou amparada pela Lei 10.436/2002
    pelo Decreto 5626/2005
    pela Resolução 89/2011
    pela Resolução 38/2009.
    O que fazer?
    Preciso de ajuda…

  38. Querida LEILA,
    eu me chamo Michelle, sou da cidade de Panorama, sou amiga da Priscila.
    sou apaixonada por surdos,sou formanada em PEDAGOGIA EM LICENCIATURA PLENA NA FAI, tenho curso de 150 horas dada pela prof. Adverilda e Rosane, sou interprete na minha igreja, agora dia 25 de março começo a fazer mais um curso c/ a prof. Adverilda em Dracena, e dia 17 de março de março começo a fazer pós em educação especial aqui em Tupi- Paulista,( 2° turma) mas oque eu gostaria de fazer seria pós em libras, mas comentando c Priscila,ela disse que depois posso me especializar .
    Gostaria de saber se posso fazer a inscrição p ser interlocutora ou vou precisar fazer o curso em Dracena, para ter a quantidade de horas.
    desde já agradeço a sua atenção, e espero retorno.
    beijos Michelle.

    • Michelle,

      Tenho a incubência de reunir os professores da rede estadual da região de Adamantina interessados em fazer os cursos e encaminhar os nomes. Eles pediram alguns dados, dentre eles RS/PV, dado que confirma se o professor está ativo na rede.

      Visite sempre o site do E-proinfo:

      http://eproinfo.mec.gov.br/

      Em INSCRIÇÕES, sempre há cursos disponíveis, já fiz 02 excelentes cursos em Atendimento Educacional Especializado, pela Universidade de Santa maria , e fiz a inscrição pessoalmente. Penso que em breve abrirão inscrições.
      Boa Sorte

      • Querida Leila,
        gostaria de saber se posso fazer a inscrição p interlocutora de libras ou vou ter que fazer um curso p ter as 160 horas, tendo visto q eu só tenho 150 horas.?
        Levando em consideração q já estou matriculada na Pós em Tupi- Paulista em educação especial.
        Desde já agradeço….
        michelle…….

  39. Olá Sidnéia…
    Obrigado pelas informações.
    Mas está marcado que tem 11 vagas para serem preenchidas na diretoria.
    Espero que tenha alguma coisa aqui por perto, senão eu não vou poder pegar.
    Não posso ficar viajando, os gastos são muitos, infelizmente.
    Também gostaria de saber se tem atribuição nessa semana.
    Caso alguém saiba, mande notícias.
    Abraços.

  40. leila gostari de saber seu e-mail, tenho interesse em saber como é a tuação de um PCOP, sou professora da rede, e tenho vontade de exercer esta designação. obg

    • Ah.. não me esquecendo de mencionar que acompanho seu trabalho por amigas que estão em sua diretoria e todos te elogiam muito.Parabéns viu?!

  41. Ola,Leila, estou parabenizando á você, e a todos que caminharam com nós interlocutores,no ano de 2011,foi e,é maravilhoso,fazer parte desse grupo,pois com uma pequena base pude edificar minha visão em relação a Educação Inclusiva,pude perceber, na pratica que somos capazes de realizar qualquer objetivo e que a diferença esta nas mãos daqueles que buscam por uma educação inclusiva por inteira, não pela metade.Se todos pudesse entender realmente o que é educação inclusiva ,descobriria o verdadeiro significado da palavra inclusão.Agradeço a minha aluna ,pois com a troca de aprendizagem,encontrei a parte que estava faltando para completar minha profissão.Hoje estou cursando Pós-graduação em Educação Especial,sem contar que nesse convívio entre professor e aluno, nos tornamos muito amigas,sempre que possível busco-a para passar o final de semana em minha cidade e fico pensado como a comunicação tem o poder de unir o ser humano,pois a diferença da comunicar não a impede sonhar.Deixo aqui minha experiencia e conselho aos meus colegas de profissão,que procurem qualificarem-se sempre e constantemente e não fale em saudosismo,mas abra espaço para o que é novo.Estude ,reflita e deixe oxigenar os seus conceitos.Deixe que o entusiasmo e a confiança esteja sempre com vocês,pois essa imagem é capaz de transmitir perseverança aqueles que querem perseverar.Beijos .

  42. OLÁ… LEILA..
    AGRADEÇO PELA RESPOSTA… MAS A LUANA DO JULIETA IRÁ ESTUDAR LÁ NOVAMENTE… ELA NÃO PEDIU PARA MUDAR.
    EU NÃO VÍ NA ATRIBUIÇÃO DO JULIETA AULA DE LIBRAS…POR QUÊ?
    ABRAÇOS…
    ESTOU PREOCUPADO COM A MINHA SITUAÇÃO PARA ESSE ANO…

  43. OLÁ LEILA.
    ESTIVE OLHANDO AS VAGAS PARA INTERLOCUTOR E SOMENTE NO ISAC TERÁ VAGA PARA ALUNO D.A? GOSTARIA DE UMA ORIENTAÇÃO A RESPEITO.
    A ATRIBUIÇÃO PARA QUEM NÃO PASSOU SERÁ QUANDO? GOSTARIA DE UMA RESPOSTA…FUI ENFELIZ EM NÃO PASSAR… MAS ESPERO CONSEGUIR ALGUMA COISA…
    AGRADEÇO…

    • Zéca,
      Todo aluno surdo tem direito ao interlocutor. Portanto, os que já estavam continuam, nenhum terminou o terceiro ano do Ensino Médio. A atribuição não sei te dizer agora, mas vou ver e colocar no BLOG. Quanto ao Isac, estamos recebendo um aluno do município lá. Àquela aluna do ano passado pediu transferência para outra D.E.
      Penso que terá vagas para todos vocês.
      Um abraço,
      Leila

  44. GOSTARIA DE PARABENIZAR A VC LEILA POR TRABALHAR NA ÁREA DE ED. ESPECIAL…NÃO É UMA ÁREA FÁCIL, É PRECISO AMAR O QUE FAZ. GOSTARIA DE PARABENIZAR TAMBÉM TODOS OS INTERLOCUTORES QUE ESTÃO NA ATIVIDADE, POIS TIVE O PRAZER DE CONHECER TODOS AQUI DA NOSSA REGIÃO O ANO PASSADO NAQUELA CAPACITAÇÃO EM SAMPA E PERCEBI QUE TODOS AMAM O QUE FAZEM, ESTOU MORRENDO DE SAUDADES DE ESTAR NA SALA DE AULA E SEI QUE TODOS NÓS A CADA DIA ESTAREMOS NOS APERFEIÇOANDO PARA DAR DAR O MELHOR PARA OS NOSSOS ALUNOS, POI, OS SURDOS PRECISAM DE NÓS QUE SOMOS BOCA E OUVIDO DELES…UM BEIJO PARA TODOS E UM FELIZ 2012!!!

    • Obrigada, Amanda!
      Penso que o nosso trabalho é muito importante para que o aluno surdo seja incluído e se sinta bem na escola, e assim acreditar que ele também é capaz. Ter esperança de um futuro melhor, sem uma linguagem desenvolvida não há comunicação.
      Fico feliz por ter pessoas, que assim como eu, acreditam no trabalho que fazem e o fazem com amor.
      Obrigada por participar do blog, será sempre bem vinda.
      Um ano com muitas oportunidades e sucesso para você.
      Um abraço,
      Leila Kanada

  45. OI PESSOAL.NÃO RECEBI O DICIONARIO AINDA, E OLHA Q FAZ TEMPO QUE FIZ O MEU PEDIDO.FUI EM UMA ORIENTAÇÃO TECNICA QUE O SURDO EXPLICOU Q A MUSICA NÃO TEM SIGNIFICADO P OS SURDOS.
    EL SE ENGANOU GENTE,EU APRESENTEI IMAGINE COM OS ALUNOS E O SURDO ME COBRAVA TODOS OS DIAS PARA ENSAIAR.ELE COLOCAVA A MÃO NA CAIXINHA DE SOM E DIZIA Q SABIA QUANDO ERA MUSICA E FALA,GENTE EU CHOREI.EU AMO ELES, SÃO MINHAS ALEGRIAS.

    • Thabata, não desista de fazer o Prólibras, com o tempo será uma exigência para atuar como interlocutora. Se gosta do que faz, insista até conseguir.

      A inclusão depende da participação de todos na sociedade e somos nós que acreditamos e precisamos estar sempre preparados para trabalhar juntos e enfretar os desafios que forem surgindo.
      Forte abraço,
      Leila

  46. SOU THABATA DE BOTUCATU, SOU INTERLOCUTORA,ADORO MINHA PROFISSÃO, NÃO TENHO PRÓ LIBRAS,VOU TENTAR NO PROXIMO,MAS EU ACHO MUITO DIFICIL, EMBORA EU ESTUDE MUITO, BOTUCATU NÃO TA MUITO DESENVOLVIDO NA PARTE DA INCLUSÃO, É MUITA PROPAGANDA E POUCO SERVIÇO.

    • Ola!
      Acredito que está assim em todos os lugares, menos nos grandes centros. No estado do Paranà tudo acontece antes do que aqui. Mas vamos lá, devagar chegaremos lá!

    • OI GEANIE..EU LEMBRO D VC NO CURSO EM SP QUE FOI NA SECRETARIA DA ED..ALMOÇAMOS JUNTAS NUMA PADARIA LEMBRA?? E AI COM ANDA AS AULAS COM SEUS SURDOS? KERIA PARTICPIAR DE UM FORUM DE DISCUSSAO DE INTERLOCUTORES E AXEI ESSE;;;..QUE BOM NEH..VAMOS NOS CONVERSANDO BJS

  47. Olá pessoal!
    Acho que minha notícia não é muito boa…
    “O PROLIBRAS ocorrerá no primeiro semestre de 2012.
    Em breve divulgaremos o edital com calendário de realização das provas.
    Contatos: prolibras@ines.gov.br

      • Hum… Any acho bom a gente dar uma estudadinha também, né?
        Pra não sobrecarregar muito ao nosso bom Deus. Está escrito pra fazermos a nossa parte…
        Mas, é claro tudo está nas mãos Dele!

        Bjs!!!

  48. E.E “PROF. JOEL AGUIAR” – PACAEMBU-SP
    1ª MOSTRA DE ARTE /LIBRAS/MEIO AMBIENTE
    DIA 23/11/2011 – PERÍODO DA MANHÃ

  49. Olá, Leila, estamos enviando o convite da 1ª mostra de arte/libras/meio ambiente da E.E. Prof. Joel Aguiar” contamos com sua presença.

  50. Olá pessoal!
    Meu nome é Isabel, sou interlocutora no município de Panorama, SP.
    Estou socializando uma informação que recebi.
    Se enviarmos um e-mail para libras@sp.gov.br, receberemos cópia do dicionário de LIBRAS. Quem me informou recebeu em menos de sete dias.
    É preciso que informe também, no e-mail que enviar seu:

    Nome :
    Endereço :
    Bairro :
    Cidade :
    Estado :
    Cep :
    Telefone(s):
    Endereço Comercial :
    Área de Atuação :
    Porque quero aprender LIBRAS?
    E-mail Pessoal:
    E-mail Comercial:

    Já enviei o meu.
    Estou aguardando resposta.
    Um abraço!

    Isabel

    • ´
      olá fico feliz. eu também, trabalho com LIBRAS E trabalho como interlocutora em´PACAEMBÚ.
      E.E “PROF. JOEL AGUIAR” – PACAEMBU-SP
      1ª MOSTRA DE ARTE /LIBRAS/MEIO AMBIENTE
      DIA 23/11/2011 – PERÍODO DA MANHÃ

    • OLA ISABEL..E AI JA RECEBEU O SEU DICIONARIO? VOU ENVIAR TB MEUS DADOS P ESSE ENDEREÇO; ABÇS

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s